Notícias

Corpo de menina de 10 anos é encontrado sob telhas e pedras ao lado de sua casa

Alanna Ludmila estava desaparecida desde a manhã da última quarta-feira (1°). Ex-padrasto é o principal suspeito pelo crime

Reprodução
Alanna Ludmila, de 10 anos: menina foi encontrada morta ao lado de casa no Maranhão

O corpo da jovem Alanna Ludmila, de 10 anos, foi encontrado na manhã desta sexta-feira (3) sob telhas e pedras em um terreno ao lado de sua casa, no município de Paço do Lumiar, a 26 quilômetros de São Luís, capital do Maranhão. A busca pela menina mobilizou as redes sociais e seu nome chegou a ficar entre os assuntos mais comentados do Brasil no Twitter.

Segundo o IMPARCIAL, um dos vizinhos da residência da família da garota sentiu um forte odor vindo do local e foi o primeiro a encontrá-la. Alanna é filha de um cadete do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBM-MA).

A criança desapareceu na última quarta-feira (1°). Pela manhã, a mãe de Alanna, Jaciane Borges Pereira a deixou sozinha em casa para participar de uma entrevista de emprego, trancou o local, mas deixou uma chave reserva. Ao retornar a sua residência, no meio da tarde, não encontrou a filha. As portas e janelas não apresentavam sinais de arrombamento. Naquele mesmo dia, a mochila da garota, com uma agenda, e uma peça íntima dela foram encontradas em um lote baldio próximo à casa da família.

Parentes da criança e o ex-namorado de Jaciane, Roberth Serejo Oliveira, foram ouvidos no dia do sumiço. O ex-companheiro da mãe de Alanna, que havia terminado o relacionamento recentemente, negou participação no ocorrido, mas não foi mais localizado após deixar a delegacia. Segundo a Polícia Militar do Maranhão (PM-MA), ele é considerado o principal suspeito pelo crime.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ