Deflagrada no início de novembro, a Operação Nosotros da Polícia Federal investiga fraude em licitações para a construção do Bus Rapid Transit (BRT). Ao todo foram cumpridos 10 mandados de busca e apreensão e 11 dos 12 de condução coercitiva, tendo em vista que o prefeito Carlos Amastha ainda não prestou depoimento na sede da PF. Além do Tocantins, os mandados foram cump...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários