O governador interino Mauro Carlesse (PHS) quer um corte de 60% dos contratos temporários no governo do Estado e 40% no número de servidores comissionados. Considerando os números da folha de dezembro do ano passado, a medida corresponde a exoneração de 880 comissionados, dos 2.202; e a extinção de 12,9 mil contratos temporários, dos 21,6 mil. O decreto do Programa d...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários