O voto do ministro Luís Roberto Barroso ampliou para 3 a 1 o placar do Supremo contra o habeas corpus preventivo movido pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Além dele, o relator Edson Fachin e Alexandre de Moraes também se manifestaram pela denegação do recurso. Gilmar Mendes se manifestou favoravelmente. “Um sistema judicial que não funciona faz as pessoas a...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários