Antecipando-se à recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) o então presidente do Instituto de Previdência Social do Município de Palmas (Previpalmas), Maxcilane Machado Fleury, entregou na manhã de ontem carta com pedido de demissão ao prefeito de Palmas Carlos Amastha (PSB), alegando que sua saída permite à gestão municipal maior liberdade para proceder as i...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários