O líder da oposição venezuelana, Juan Guaidó, instruiu seu enviado político em Washington a abrir imediatamente conversas com os militares dos Estados Unidos. Guaidó disse ontem que pediu ao seu embaixador Carlos Vecchio para abrir "comunicações diretas" para uma possível coordenação. Apoiado pelos EUA, ele lidera uma campanha para derrubar o presidente Nicolás Maduro. ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários