A ONU publicou ontem um relatório que documenta a execução extrajudicial de 5.287 pessoas na Venezuela em 2018 - 14 assassinatos por dia. O relatório foi elaborado por uma equipe chefiada por Michelle Bachelet, alta-comissária da ONU para os Direitos Humanos, que visitou o país recentemente. A maioria das mortes ocorreu pelas mãos da Força de Ação Especial da Polícia ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários