A Suprema Corte britânica decidiu nesta terça-feira, 24, que o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, suspendeu ilegalmente o Parlamento. A medida infligiu a mais dura derrota para seu governo até agora, e  colocou a política britânica em uma nova fase de turbulência, a um mês do prazo final para o Brexit. A decisão unânime define que a suspensão do Par...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários