O opositor social-democrata Laurentino "Nito" Cortizo, do Partido Revolucionário Democrático (PRD), venceu nesse domingo (5), por pequena vantagem, as eleições presidenciais do Panamá. Contados 92% dos votos, o Tribunal Eleitoral considerou a tendência irreversível, apesar da diferença de apenas dois pontos percentuais de Cortizo sobre o empresário Rômulo Roux, ...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários