A Promotoria Geral da Venezuela citou ontem na qualidade de imputado o major-general Antonio Benavides Torres por sua suposta responsabilidade na realização de delitos de violações aos direitos humanos cometidos durante os protestos que ocorrem quase diariamente desde março no país. Benavides Torres, que até a semana passada era comandante-geral da Guarda Nacional, d...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários