A Procuradoria-Geral de Israel anunciou nesta quinta-feira, 28, que acusará o primeiro-ministro do país, Binyamin Netanyahu, por recebimento de propina, fraude e corrupção. A acusação formal só será apresentada depois de uma audiência na qual Netanyahu poderá argumentar contra a análise legal dos procuradores, questionar as provas e apresentar sua ve...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários