Mohammed bin Salman, príncipe herdeiro da Arábia Saudita, suspeito de ordenar o assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, no ano passado, disse nesta quinta-feira, 26, ter responsabilidade pela morte porque ela aconteceu "sob sua guarda". A declaração foi dada para um documentário do canal americano PBS que vai ao ar na próxima semana. Salman, no entanto, nega q...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários