O favorito à sucessão de Theresa May no governo do Reino Unido, Boris Johnson, ameaçou não pagar as 39 bilhões de libras esterlinas da conta do Brexit caso a União Europeia não modifique o acordo de "divórcio". A quantia está no tratado firmado entre Londres e Bruxelas e seria uma compensação pelo fato de os britânicos quebrarem o contrato de participação na UE....

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários