A revelação que o Ministério da Saúde argentino mantinha uma espécie de centro de imunização VIP - no qual políticos, seus familiares e outras pessoas próximas ao poder conseguiam furar a fila para receber a a vacina contra a Covid-19- causou uma nova crise no governo do presidente Alberto Fernández. O escândalo, que ganhou o apelido de "Vacina Gate", já derrubou um min...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários