As pessoas que procuram atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Geraldo Magela, no Parque Flamboyant, em Aparecida de Goiânia, reclamam de ser impedidos de adentrar à unidade. O funcionário responsável por permitir o acesso de pacientes e acompanhantes às salas de exames e internação informou que a medida era para "garantir a segurança" do detento.  As inform...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários