O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, apresenta todos os sintomas de uma exposição prolongada de "tortura psicológica" e não deve ser extraditado para os Estados Unidos, disse nesta sexta-feira (31) o relator especial da ONU sobre a Tortura, Nils Melzer, que visitou o australiano na prisão . Em comunicado publicado em Genebra, o especialista afirmou que A...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários