Em sua primeira manifestação pública após o ataque que matou o general iraniano Qassim Suleimani, responsável pelos assuntos iraquianos na Guarda Revolucionária do Irã, na quinta-feira, 2, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta sexta-feira, 3, que "o Irã nunca venceu uma guerra, mas nunca perdeu uma negociação". A frase, em referência às mor...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários