Com ataques às restrições antipandemia, a conservadora Isabel Díaz Ayuso, 42, deve garantir nesta terça (4) sua volta ao governo de Madri, a mais rica região da Espanha, com peso considerável na política nacional. Desde o começo de março, quando renunciou ao cargo após romper com seu parceiro de coalizão, o Ciudadanos, Ayuso passou de 35% para 41% das intenções de vot...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar o Jornal do Tocantins

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários