Um dos autores do atentado a duas mesquitas na Nova Zelândia é um jovem australiano de 28 anos identificado como Brenton Tarrant, que se definiu como "fascista" e elogiou o presidente norte-americano, Donald Trump, e a China em um "manifesto" intitulado "A Grande Substituição". Tarrant transmitiu ao vivo, via redes sociais, o atentado cometido nesta sexta-feira (15) e...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários