O fundador da Wikileaks, o australiano Julian Assange, foi condenadoa 50 semanas de prisão (cerca de um ano) por um tribunal de Londres. Ele foi sentenciado por ter violado uma medida de liberdade condicional há quase sete anos, tendo aproveitado esse tempo para se refugiar na embaixada do Equador em Londres, em 2012. A juíza Deborah Taylor, da corte Southwark C...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários