A Casa Branca advertiu o presidente da Síria, Bashar al-Assad ontem que ele e seu Exército “pagarão um preço alto” se conduzirem um ataque com armas químicas, e disse que os EUA têm motivos para acreditar que tais preparações estão em andamento. Por meio de um porta-voz, o Pentágono declarou na manhã de ontem que o Exército americano detectou atividades relacionadas a...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários