O peronista Alberto Fernández foi eleito em primeiro turno neste domingo, 27, presidente da Argentina, tendo como vice Cristina Kirchner, mentora da chapa que devolve o poder à esquerda após quatro anos. Ele obteve 48,03% dos votos e Mauricio Macri, 40,7%, segundo números oficiais. O resultado deve ser confirmado pela Justiça Eleitoral argentina nos próximos dias. Em discur...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários