Tem gente que até ainda usa, mas na hora de olhar as horas acaba na tela do celular. O relógio, acessório popular de muitas épocas, acabou se tornando um objeto para colecionadores ou adereço fashion ao longo dos anos. O certo é que ele ainda vive na memória - e no pulso - de muitos que preferem manter os horários fixos no pulso do que depender da tecnologia dos aparelhos m...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários