Magazine

Pirataria da era digital

No início do mês, o executivo-chefe da Disney, Bob Iger, admitiu que um filme ainda inédito havia sido roubado do estúdio, e que hackers informáticos tinham exigido um resgate para não espalhá-lo na web. Apesar do profissional não ter revelado o título, a imprensa americana apurou que se trata de A Vingança de Salazar. Seguindo o procedimento habitual nos últimos ataques, os hackers pediram um resgate de valor não revelado, mas sabidamente alto, a ser pago em bitcoins, uma moeda não rastreável, com circulação exclusivamente eletrônica.

Inicialmente, ameaçaram liberar cinco minutos do filme e ir soltando 20 minutos por vez, até que o pagamento fosse concluído. Os estúdios Disney, que colaboram com a investigação federal, disseram que não vão ceder à chantagem para recuperar o filme. Até agora, na data de pré-estreia do longa, nenhuma imagem foi divulgada, além dos trailers e teasers promocionais soltos anteriormente, o que comprova que os estúdios conseguiram contornar a situação.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ