Magazine

Morre aos 68 anos Sergio Machado, presidente do Grupo Editorial Record

Economista, o editor deixou o emprego na Vale do Rio Doce aos 24 anos para trabalhar na empresa fundada pelo pai e pelo tio

Divulgação/Grupo Editorial Record
Sergio Machado, presidente do Grupo Editorial Record, que morreu nesta terça-feira (19) aos 68 anos

Sergio Machado, presidente do Grupo Editorial Record, morreu na noite desta terça-feira (19) aos 68 anos, em razão de complicações de uma cirurgia a que se submeteu em novembro de 2015.

A informação foi divulgada pela editora na manhã desta quarta (20).

Economista, o editor deixou o emprego na Vale do Rio Doce aos 24 anos para trabalhar na empresa fundada pelo pai, Alfredo, e pelo tio, Décio. Assumiu a presidência do grupo em 1991 e promoveu a compra de editoras e criou novos selos para diversificar o catálogo da casa.

Ele deixa a mulher, Maria do Carmo, três filhas e três netos. Duas das filhas, Roberta Machado e Rafaella Machado, são diretora comercial e editora do selo Galera Record, respectivamente. Sônia Machado Jardim, sua irmã e sócia, assume a presidência do Grupo. 

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ