Magazine

Mogli alcança novo patamar na fusão de atores e animação

Disney
O pequeno Neel Sethi é o único ator em cena da nova aventura da Disney. Demais personagens, como o urso Baloo, são animações gráficas

A ordem dos fatores altera o produto. Pelo menos em Hollywood. Mogli: O Menino Lobo, que estreia hoje no Brasil, mudou a sequência normalmente utilizada em produções que misturam atores e desenho animado, para fazer o exemplar mais deslumbrante do gênero. Tudo que está na tela foi criado em computador, exceto o ator Neel Sethi, 12, no papel-título. É um desenho animado ultrarrealista que, de tão realista, faz o espectador esquecer que é um desenho. Confira as sessões em Palmas

Filmes gostam de juntar gente e desenho. Jerry, o rato aquele que vive fugindo do gato Tom, dançou ao lado de Gene Kelly em Marujos do Amor (1945) para disparar uma corrida tecnológica. Depois vieram mais inserções de desenhos nos filmes, como Uma Cilada para Roger Rabbit (1989). A evolução seguiu até o muito superestimado Avatar (2009), de James Cameron. No ápice da megalomania, o diretor falou que começava ali a era de sem atores.

Mogli é um projeto que precisava dessa tecnologia. A fábula do menino criado por lobos tem entre os personagens principais pantera, urso, tigre, cobra e macacos, todos pensantes e falantes. O diretor Jon Fraveau tocou o projeto inicialmente como um desenho animado, chefiando a equipe que venceu o desafio de criar uma selva viva. As cenas de rios e cachoeiras são especialmente reais.

Depois, foi inserindo a performance do jovem ator. Inverteu o procedimento padrão de captar antes a movimentação dos atores para construir o desenho em volta dela. Assim, realizou o sonho que embalou todas as tentativas anteriores dessa combinação nas telas: o espectador é capaz de jurar que Mogli e o urso Baloo estão se abraçando de verdade. Um caso de magia cinematográfica.

A história

Baseado na obra O Livro da Selva (1984), do inglês Rudyard Kipling (1865-1936), o filme conta o momento em que Mogli é ameaçado de morte pelo tigre Shere Khan. A família de lobos e o melhor amigo de Mogli, a pantera Bagherah, decidem que o menino precisa partir.

A partir daí, Mogli começa uma aventura pela selva a caminho da aldeia mais próxima. O ator Neel Sethi faz o filme praticamente sozinho. Os animais que interagem com ele são divertidas animações, dubladas por vozes conhecidas. A loba que o cria como filho é Raksha, dublada pela atriz Julia Lemmertz na versão em português.

Em seu trajeto pela selva, Mogli se depara com vários perigos e com bichos que querem pegá-lo, como a serpente Kaa, dublada por Alinne Moraes. Já o urso Baloo, é um dos personagens mais cativantes. Em português, a voz é de Marcos Palmeira.

Assista ao trailer do filme:

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ