Magazine

Jogo "Banco Imobiliário" ganhará duas adaptações para o cinema

Howard A. Rodman, atual presidente do Sindicato dos Roteiristas Americanos, assina o roteiro

Reprodução
Banco imobiliário pode virar filme

Depois de "Tranformers", "Batalha Naval" e "Lego", é a vez de Banco Imobiliário de unir ao hall dos brinquedos adaptados para o cinema. A origem do icônico jogo de tabuleiro será contada pela produtora Big Beach, de Diane Nabatoff, Marc Turtletaub e Peter Saraf, de "Pequena Miss Sunshine".

Segundo o site americano "Deadline", a trama será baseada em "The Monopolists: Obsession, Fury, and the Scandal Behind the World's Favorite Board Game", livro de Mary Pilon sobre os bastidores da criação de "Banco Imobiliário". Howard A. Rodman, atual presidente do Sindicato dos Roteiristas Americanos, assina o roteiro.

A obra conta como a estenógrafa Elizabeth Magie inventou o "Jogo dos Proprietários" para criticar os senhorios da época. Por apenas R$ 500, ela vendeu os direitos de sua criação para a Parker Brothers, que licenciou-o com o nome atual.

O livro "The Billion Dollar Monopoly Swindle", de Ron Anspach, também será usado como base para o roteiro. Nele, o economista fala sobre "Anti-Monopoly", espécie de jogo-antítese que criou para criticar o capitalismo e que lhe rendeu um processo da Parker Brothers.

"O livro virará do avesso o conceito do jogo. Ninguém olhará para 'Banco Imobiliário' da mesma forma novamente", disse Nabatoff.

O filme da Big Beach não é o único a abordar o famoso jogo de tabuleiro. A Lionsgate e a Hasbro, sua fabricante, produzem um longa "para todas as idades, visualmente suntuoso e cheio de ação e aventura", informaram.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ