A Companhia das Letras acaba de assinar um contrato com Ferreira Gullar para reeditar todo os seus livros - 17 títulos ao todo. A obra do poeta maranhense e colunista da Folha de S.Paulo deixa assim a José Olympio, do Grupo Record, onde era publicada há décadas. Já em 2016, a Companhia das Letras vai publicar um volume especial do "Poema sujo", que estará completan...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários