Não é novidade que a literatura é movida por uma infinidade de sentimentos, mas o que dizer quando o que move o autor é a vontade de superar limitações físicas, seu estado de saúde ou a perda de uma pessoa querida? Foi isso que aconteceu com Odir, Esmar e Luis, três homens com carreiras distintas e que possuem algo em comum: o apreço pela escrita e a forma...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários