A infância de Cora Coralina não foi fácil, e foi tema de muitos de seus versos. Menina feia da Ponte da Lapa. Menina triste e nervosa, amarela de rosto empalamado e pernas moles. Cora, que àquela época ainda era chamada de Anna Lins dos Guimarães Peixoto Bretas, achava que, apesar disso, seria amada porque era a filha caçula. Mas ganhou outra irmã e passou a infância f...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários