Sempre defendi junto aos “fazedores de cultura” pra não gastarem tempo reclamando da omissão de gestores públicos e da miopia de políticos que não conseguem ver no setor a sua importância. Com raras e honrosas exceções, Brasil afora é sempre assim. Melhor mesmo é ir à luta, pedir ajuda a familiares, amigos e tentar sensibilizar a iniciativa privada. Lavei a alma rece...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários