Temos que cuidar uns dos outros

Há uns domingos atrás estava tirando um cochilo de fim de tarde e meu sono foi interrompido por uma gritaria que vinha da rua do meu condomínio. Era casal tendo uma briga homérica. Ele gritava: "Você é uma vagabunda! Você não vale nada! Eu vi sua calcinha na casa de...". Ela o mandava ir embora, mas ele estava muito desesperado. Chorava muito. A ofendia muito…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários