Barracas de roupas, calçados, acessórios, artigos religiosos, comidas e até utensílios domésticos foram montadas para vender durante os dias da Romaria do Senhor do Bonfim que acontece até o próximo sábado, 17, que espera movimentar um público de pelo menos 500 mil pessoas. José Barreto, de 68 anos, veio direto da cidade de Aracaju (SE) para revender jeans e cami...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários