Marcada pela tentativa da apreensão de livros com temática LGBT, a Bienal Internacional do Livro, no Rio de Janeiro, terminou neste domingo (8) com um total de quatro milhões de exemplares vendidos e milhares de visitantes. Ontem (8), os pavilhões do Riocentro ficaram lotados e segundo o balanço parcial divulgado pela feira, cerca de 600 mil pessoas foram para a...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários