Estado

Zona verde começa a ser cobrada hoje

Área está localizada no entorno das quadras 104 Norte e 104 Sul, ou seja, ao longo das Avenidas NS-02, NS-04, LO-01 e LO-02

Esequias Araujo
Tempo de permanência do veículo nos estacionamentos do entorno quadras 104 Norte e 104 Sul será de até 4 horas

O condutor que precisar de uma vaga nos estacionamentos localizados no entorno das quadras 104 Norte e 104 Sul, ou seja, ao longo das Avenidas NS-02, NS-04, LO-01 e LO-02 vai ter que desembolsar um valor entre R$ 1,00 e R$ 5,00 para carros e R$0,75 a R$3,75 para motos. Isso porque, a partir de hoje, entra em funcionamento a segunda etapa da implantação do estacionamento rotativo em Palmas, a chamada Zona Verde.

A cobrança já vinha acontecendo nas vagas da Avenida JK, entre as quadras 104 Sul e 104 Norte desde o início de fevereiro. Essas primeiras vagas correspondem à Zona Azul. No entanto, a diferença entre as Zonas Azul e Verde será o tempo de permanência. Enquanto na primeira o tempo máximo é de duas horas, na segunda a permanência máxima será de quatro horas.

De acordo com a Prefeitura de Palmas já foi iniciada uma campanha educativa no intuito de orientar a população quanto à utilização da nova área e as diferenças entre as Zonas Azul e Verde, além de incentivar o uso do aplicativo Blue.

Funcionamento

As mesmas regras válidas para a Zona Azul se aplicam à Zona Verde. Para ter acesso às vagas, os condutores devem comprar os créditos com os próprios agentes ou através do aplicativo Blue, que está disponível para dispositivos móveis como Android, IOS e Windows Phone, ou pelo site da empresa. Eles podem ser adquiridos em dinheiro, moeda, cartão de crédito ou débito.

Segundo a prefeitura, na Zona Verde os valores cobrados para automóveis, camionetes, pick-up, caminhões e triciclos serão de R$ 1,00 para permanência de 30 minutos na vaga, R$ 2,00 de 30 até 60 minutos, R$ 4,00 de 60 até 120 minutos, R$ 5,00 de 120 até 240 minutos. Já os valores para motocicleta serão de R$ 0,75 para até 30 minutos de permanência na vaga, R$ 1,50 para até 60 minutos, R$ 2,25 para até 120 minutos, R$ 3,75 para até 240 minutos. O valor deve ser pago assim que o carro é estacionado na vaga.

Segundo a prefeitura, quando o prazo máximo de permanência vencer, o usuário deverá retirar o automóvel da vaga ou ficará vulnerável à fiscalização e devidas penalidades, que devem ser aplicadas pelos agentes de trânsito da Secretaria Municipal de Acessibilidade, Mobilidade, Trânsito e Transporte (SMAMTT).

Já em relação às vagas destinadas aos veículos automotores, ocupadas por caçamba estacionária coletora de entulho (contêineres) ou veículos com necessidade diária, a utilização das vagas, conforme a prefeitura, deverá ser agendada antecipadamente pela empresa locatária. O custo, ainda conforme a prefeitura, será de acordo com o tempo de uso, sendo que o valor cobrado corresponde a duas vezes ao do veículo automotor.

O sistema rotativo funciona de segunda a sexta-feira, em horário comercial, das 8 às 18 horas. Já aos sábados será das 8 às 13 horas. Nos domingos e feriados não haverá cobrança. Os mototaxistas, taxistas e carros oficiais estão isentos das taxas, segundo o gerente de produtos da Infosolo Informática Ltda (empresa responsável pelo estacionamento), Welvis Fernandes. Já os usuários que utilizam as vagas especiais não estão livres da cobrança.

Segundo Fernandes, sempre haverá um agente de estacionamento nas vagas no horário de funcionamento.

Melhorias

Conforme a prefeitura, será criado um espaço para os vendedores de chambari, que hoje ocupam um estacionamento conhecido como Feira da Gambira, na 104 Sul. O novo espaço será construído em uma Área Pública Municipal localizada no meio da Quadra 104 Norte.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ