Estado

Sem acertar com demitidos, Litucera cobra R$ 80 milhões

Empresa teve o contrato com a Sesau rescindido após suspender serviços; sindicato diz que funcionários não receberam os direitos trabalhistas

Por trás da conturbada gestão da Litucera, que era responsável pelo enxoval, alimentação, limpeza e hemorrede nas 19 unidades hospitalares do Estado até agosto do ano passado, existe uma dívida que atingiria a cifra de R$ 80.992.814,23, por parte do governo do Estado. A inadimplência somente em 2016 seria de R$ 38.748.867,17, segundo o advogado da empresa, Thiago Brunelli...
Matéria exclusiva para assinantes
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ