Estado

Polícia indicia sobrinho de deputada por atirar no irmão após discussão sobre herança

O irmão foi acusado pelos crimes de lesão corporal grave e porte ilegal de arma de fogo

Prefeitura de Araguaína / Divulgação
Vista aérea da cidade de Araguaína, no Norte do Tocantins
Reinaldo Pagani Pereira Cardoso, de 40 anos, foi indiciado por atirar no irmão Clarindo Pagani Cardoso, de 37 anos, em janeiro deste ano no município de Araguaína, no Norte do Estado. As investigações foram concluídas pela Polícia Civil nesta terça-feira, 14, e o irmão foi acusado pelos crimes de lesão corporal grave e porte ilegal de arma de fogo. Ambos são s...
Matéria exclusiva para assinantes
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ