Estado

PM abre processo para compra de armas sem licitação

Portarias foram publicadas no Diário Oficial do Estado no valor de mais de US$ 700 mil dólares; PGE diz que ação foi devidamente autuada

A Polícia Militar (PM) do Tocantins vai renovar o armamento de pistolas da corporação em uma despesa estimada no valor total de mais de US$ 700 mil dólares, (equivalente a R$ 2.696.890,00 até ontem). Para viabilizar a compra, o comandante geral da PM, coronel Jaizon Veras Barbosa, baixou duas portarias inexigindo licitação para a contratação da empresa Glock América S...
Matéria exclusiva para assinantes
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ