A ação a ser julgada no Supremo Tribunal Federal (STF) surgiu em 2012, quando uma estudante de Canela (RS), na época com 11 anos, pediu ao juiz da cidade, com apoio dos pais, o direito de ser educada em casa. A solicitação foi negada em primeira e segunda instância pela Justiça daquele Estado, sob o argumento de que a frequência era necessária para socializar a criança....
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários