Estado

MPE vai à justiça conter esgoto da CPP de Palmas

O órgão fiscalizador ajuizou ACP solicitando interrupção imediata do esgoto, além de um plano para recuperação ambiental

MPE-TO/Divulgação
Esgoto da CPP de Palmas a céu aberto
(Atualizada em 04/04/2017 às 17h21) Uma Ação Civil Pública (ACP) foi ajuizada em desfavor do Governo do Tocantins requerendo a interrupção imediata do lançamento do esgoto da Casa de Prisão Provisória (CPP) de Palmas em via pública. O documento requer, ainda, que o Estado apresente um plano de recuperação ambiental da área degradada no prazo de 30 dias e pede, ...
Matéria exclusiva para assinantes
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ