Estado

Médico suspeito de matar ex-mulher é preso em Goiás

Ele deve ser recambiando para Palmas assim que foi autorizada a vinda

Atualizada às 11:12

O médico Álvaro Ferreira Silva, principal suspeito de matar a ex-mulher Danielle Christina, foi preso nesta quinta-feira, 11, em Anápolis (GO). A detenção foi realizada em uma operação conjunta entre a Polícia Civil do Tocantins, São Paulo e Goiás. 

“Estamos aguardando a autorização para o recambiamento dele para Palmas”, disse o titular da  Delegacia de Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Pedro Ivo Costa Miranda, responsável pelo caso. Conforme o delegado, ele pode ser trazido para a Capital ainda hoje.

O médico foi preso dentro de um shopping no centro de Anápolis. A informação é do titular do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da cidade, Vander Coelho.   

Caso  

O crime aconteceu no último dia 18 de dezembro, quando o corpo da vítima foi encontrado dentro da casa dela na Quadra 1.004 Sul, na Capital. O corpo estava de bruços na cama e tinha marcas de estrangulamento. Dois dias antes, o suspeito havia sido preso por agredir a ex-mulher, mas liberado em audiência de custódia. 

Em entrevista, o médico chegou a declarar era inocente e que se sentia muito triste com a morte da ex-mulher. Ele afirmou que tinha saído de Palmas um dia antes do assassinato de Danielle.  

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ