Estado

Juiz anula contrato de empréstimo consignado de aposentado analfabeto

Mas indefere pedido de indenização moral

Um pedido de anulação de contrato firmado em instituições financeiras e beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de um aposentado analfabeto foi julgado com parcialmente procedente pelo Tribunal de Justiça (TJ). A decisão é do O titular da  1ª Escrivania Cível de Augustinópolis, o juiz Jefferson David Asevedo Ramos.  Conforme o TJ, a ...
Matéria exclusiva para assinantes
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ