Estado

Grupo cobrava até R$ 180 mil por prova

Polícia investiga fraudes em outros vestibulares com atuação de quadrilha especializada; duas operações policiais abrangeram o Tocantins e outros sete estados

A organização criminosa que fraudou o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é a mesma que agiu em um vestibular de Medicina da Faculdade Morgana Potrich, realizado nos dias 15 e 16 de outubro em Mineiros, na Região Sudoeste do estado. O procurador da faculdade, Janúncio Dantas disse ao Popular que o certame foi aplicado pela empresa Consesp - Concursos, Residências Méd...
No mês de aniversário do Estado do Tocantins, cadastre-se e tenha acesso ilimitado à todo conteúdo do portal.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine Jornal do Tocantins!
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ