Estado

Faltam remédios de uso contínuo no TO

Hormônio do crescimento não é encontrado na assistência farmacêutica do Estado; Secretaria de Saúde diz que medicamento foi comprado e deve chegar em setembro

Djavan Barbosa
A funcionária pública Seyjane Sousa Cruz conta que seu filho de 12 anos faz o uso diário de somatropina, o hormônio responsável pelo crescimento, geralmente usado em crianças que apresentam nanismo. O remédio é caro e custa em torno de R$ 1 mil para cada 30 dias. Por isso, através de uma ação judicial, ela conseguiu que o Estado fornecesse gratuitamente o hormônio. ...
Matéria exclusiva para assinantes
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ