Estado

Explosivos são encontrados na CPP de Palmas

A substância foi encontrada após suspeita de equipe de plantão, que intensificou os procedimentos de revista

Lia Mara

Uma equipe de plantão da Casa de Prisão Provisória (CPP) de Palmas encontrou, na manhã desta sexta-feira, 12, uma substância análoga a gel de explosivo.

Conforme informações da Secretaria de Cidadania e Justiça (Seciju), responsável pelo sistema carcerário do Estado, a substância foi encontrada após suspeita de equipe de plantão, que intensificou os procedimentos de revista e foi encaminhada para a Delegacia Especializada em Investigações Criminais (DEIC). A pasta não informou a quantidade encontrada.

Explosões e fugas

No início do mês de novembro de 2017, doze detentos fugiram da unidade prisional após explodirem parte da muralha que cerca a unidade com bombas de dinamite. Quatro foram capturados logo após a fuga e oito permaneceram desaparecidos.

Conforme já noticiado pelo JTo, a unidade tem capacidade para 260 presos e atualmente a população carcerária passava dos 700. Mais de 50% desse total é de presos provisórios, ou seja, pessoas que ainda aguardam julgamento.

 

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ