A jovem Iolanda Costa Fregonesi, de 23 anos, condutora do veículo que atropelou o médico Pedro Caldas será julgada em júri popular. A decisão assinada pelo juiz Luiz Zilmar dos Santos Pires também cita que a jovem irá aguardar o julgamento em liberdade. O magistrado reconheceu que a acusada assumiu os riscos, por isso, seria impossível assumir o crime como culpos...
Faça o seu cadastro e acesse até 05 matérias exclusivas por mês gratuitamente.
ou
Aproveite todo o conteúdo do site de forma ilimitada!
Assine o Jornal do Tocantins!
QUERO SER ASSINANTE
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários