Estado

Educação: Justiça determina que grevistas desocupem a Câmara de Palmas

Liminar pede que os ocupantes não impossibilitem o acesso ao local, sob pena de remoção e de multa

A Justiça deferiu parcialmente o pedido de reintegração de posse da Câmara Municipal ocupada desde o dia 13 de setembro por servidores da educação municipal de Palmas em greve. Na decisão o juiz Roniclay Alves de Moraes determina que os ocupantes não podem praticar atos atentatórios à posse dentro da Câmara Municipal. A decisão liminar pede que os ocupantes não impossibilitem o...
Matéria exclusiva para assinantes
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ