Estado

Comerciantes reclamam de odor na Praia das Arnos

De acordo com os donos das barracas que ficam no local, situação é vivida há pelo menos dois meses, no entanto, tem piorado desde a última semana

Elias Oliveira
Usuários da Praia das Arnos têm sentido mau cheiro no local há mais de duas semanas

Água suja, mau cheiro e uma lama escura na areia. Essa é a situação em que se encontra a Praia das Arnos, na região Norte de Palmas. Segundo os comerciantes da área, a situação ocorre há pelo menos dois meses, mas o forte odor se intensificou desde a última semana. “Queremos saber o significado dessa coisa preta e fedorenta que tem na beira do lago. A catinga começou a invadir os comércios”, disse a comerciante Francisca Josefa da Conceição.

Por conta do cenário na praia, proprietários das barracas reclamam da queda no movimento de clientes no local. “Tentamos fazer todo tipo de recuperação aqui, mas não teve jeito. Este ano só tivemos prejuízo durante a temporada. O povo não aguenta o fedor”, disse o comerciante Jacó Corneliu Nonato. Uma empresa particular chegou a fazer a raspagem da lama preta que se encontra na margem do lago. “Sempre existiu isso aqui, não sei o porquê, mas esse ano parece estar pior”, conta Pedro Ferreira Filho, comerciante.

Prefeitura e BRK

Em nota, a BRK Ambiental esclarece que não há destinação de esgoto para a Praia das Arnos. O local é atendido por rede coletora que retira o esgoto da região e envia para a Estação de Tratamento Norte e, após tratamento, a destinação final do esgoto tratado é feita em ponto específico distante da praia. A concessionária lembra que, em áreas próximas a praia, a presença de lixo urbano e a circulação de animais pode provocar poluição capaz de gerar o odor. Equipes da concessionária mantém monitoramento constante nas regiões atendidas pelo serviço de esgotamento sanitário e qualquer contato para tirar dúvidas ou fazer reclamações pode ser feita através do 0800 6440 195.

O JTo também procurou a Prefeitura de Palmas, que por meio de nota, disse que uma equipe técnica da Fundação de Meio Ambiente iniciou a inspeção na praia. O relatório de vistoria deve ser concluído até a próxima semana e apontará possíveis causas.

 

Elias Oliveira
Seu Pedro Ferreira Filho perdeu clientes em seu comércio na praia
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ