Estado

Atendimento de UTI neonatal pode ser suspenso no Dona Regina

Leitos da Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Dona Regina podem parar de funcionar por conta de dívida milionária do Estado; SES disse que pagou mais de R$ 6 milhões

Mais uma vez o serviço terceirizado de atendimento aos 20 leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do Hospital e Maternidade Dona Regina, em Palmas, corre o risco de ser paralisado. A direção da Intensicare, gestora da UTI, informou que a suspensão ocorre em razão dos recorrentes atrasos no pagamento por parte do Estado. Conforme apurado pelo Jornal do Tocan...
Matéria exclusiva para assinantes
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ASSINE JÁ