De imediato, o volante Arouca deu pouca importância às ofensas racistas que sofreu de um grupo de torcedores enquanto dava entrevista no campo, após a vitória por 5 a 2 contra o Mogi Mirim, na última quinta-feira, no estádio Romildo Ferreira, em Mogi Mirim (SP). Disse não ter ouvido a palavra macaco e, depois, estava tranquilo, ao lado de Lucas Lima, na coleta de ma...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários